ONU denuncia impunidade de violência policial no Brasil

 

De 220 operações realizadas, somente em uma o policial foi punido, no ano de 2013.

07/03/2016

Da Redação

 

 
 Foto: Mídia Ninja

Em seu Conselho de Direitos Humanos, a Organização das Nações Unidas (ONU) denunciará a impunidade nos crimes cometidos por policiais e agentes de segurança no Brasil. O informe, que será apresentado pelo relator especial do órgão, Juan Méndez, na terça-feira (8), afirma que essas são ocorrências regulares.

Dados nacionais analisados pela ONU apontam que, em 2013, cerca de seis pessoas morreram por dia em operações policiais, sendo a maioria dos casos, devido a uso excessivo da força. A instituição ressalta ainda que de 220 operações realizadas, somente uma teve como fim a condenação do réu, no ano de 2013.

Em entrevista ao Estado de São Paulo, o relator do informe, Juan Méndez, afirmou que os casos de agentes que cometem abusos a prisioneiros ou detidos não são investigados da maneira correta. “Os casos de agentes de segurança que cometem abusos contra prisioneiros ou detidos não são investigados de maneira significativa e tais autores raramente são levados à Justiça”, diz Mendez. “O espiral da violência criminal é exacerbado pela impunidade que prevalece.”

Prisões

Com dados do Infopen, sistema de informações e estatísticas de penitenciárias, a ONU aponta que somente na primeira metade de 2014, 545 pessoas morreram em presídios, sendo metades das mortes foram “intencionais”.

O relator também disse ao jornal que as prisões brasileiras são desumanas e cruéis e denuncia que visitas ocorrem em condições humilhantes. A organização pede ao governo que foque na redução da população carcerária do país, hoje, que é a quarta maior do mundo.

O Estadão procurou o Ministério da Justiça, que preferiu não comentar as denúncias pois os policiais respondem aos governos estaduais e não federal.

Comments

Post new comment

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Lines and paragraphs break automatically.

More information about formatting options

CAPTCHA
Esse desafio é para nos certificar que você é um visitante humano e serve para evitar que envios sejam realizados por scripts automatizados de SPAM.
14 + 1 =
Resolva este problema matemático simples e digite o resultado. Por exemplo para 1+3, digite 4.